Os 5 Desafios das Equipes - Patrick Lencioni



Título: Os 5 Desafios das Equipes
Autor: Patrick Lencioni
Tradução de: Overcoming the Five Dysfunctions of a Team
Editora: Elsevier-Campus
Ano: 2002
Páginas: 208
ISBN/EAN: 9-788535-211689


'Os 5 Desafios das Equipes' é o mais conhecido dos livros do especialista em Gestão de Pessoas, Patrick Lencioni.


A grande contribuição desse livro para a Gestão de Equipes é o diagnóstico e o antídoto para as 5 principais disfunções (da tradução direta do título) que um time pode ter.


Segundo Lencioni, mais que finanças, tecnologia e estratégia, o Trabalho em Equipe é o que pode garantir diferenciação e competitividade às organizações. O resto, segundo ele, pode ser imitado ou adquirido. Porém a maioria dos gestores prefere dar foco em outros fatores que não o trabalho em Equipe, pois este é difícil de ser mensurado e mais difícil ainda ser alcançado. Ai, fica mais prático, rápido e mensurável investir em tecnologia, finanças ou qualquer outro ativo da organização. A despeito disso, não podemos negar o poder do trabalho em equipe bem-feito.


Por outro lado, um Time mal gerido também pode ser o fator de fracasso de uma organização ou empresa. E o fracasso das equipes tem origem em 5 disfunções básicas:


1. Falta de Confiança - difícil para uma pessoa admitir suas fraquezas publicamente, ainda mais com pessoas com as quais precise conviver e cooperar sem escolha, como no trabalho. A auto-defesa humana nos faz assim. 
Antídoto: no entanto admitir publicamente suas deficiências relevantes para o desemprenho do trabalho tem justamente o efeito contrário ao temor das pessoas: aumenta a confiança mútua. Sabendo dos limites dos outros aumentamos nossa confiança em seu trabalho e vice-versa. Principalmente quando sentimos que essa vulnerabilidade é respeitada pelo grupo. Ter coragem de dizer "não sei", "não fiz", "me equivoquei", "preciso de ajuda" tem na verdade efeito fortalecedor que o contrário do senso comum nos faz pensar e agir. Sobretudo para os líderes. Sentir que seu chefe não é perfeito, faz você confiar e respeitá-lo mais que a ilusão de sua infalibilidade. 


2. Medo do Conflito - também nossa natureza de preservação pessoal, tende a fazer-nos fugir dos conflitos. Sempre alguém "ganha" e o outro "perde". Mas não precisa ser assim. Pode haver uma situação conflitante de ganho mútuo.
Antídoto: está justamente no item anterior: Confiança. Quando reina a confiança, os conflitos passam a ser construtivos e não se espalha o medo do conflito. Importante que fique explícito que o conflito é edificante e não tem por objetivo o benefício individual de algum membro, mas o bem coletivo. O segredo é manter o conflito no ponto médio entre o conflito construtivo e o destrutivo, mas ligeiramente mais próximo ao construtivo. Se for 100% do lado construtivo, tende ao viés da concordância cega, bajulação, atenuação constante que também não é boa. 100% destrutivo nem preciso explicar. Portanto algo como num ponto médio tendendo a construtivo, nunca a destrutivo.


3. Falta de Compromisso - note que compromisso não é consenso. Consenso é concordar. Compromisso é realizar, mesmo que sua opinião seja a vencida no debate. Defenda seus pontos-de-vista com paixão, mas com o limite do respeito e da crítica construtiva. Mas uma vez tendo seu parecer vencido pela outra parte, o time deve agir com compromisso. Se foi acertado que vão agir de uma forma, mesmo voto vencido, você tem compromisso de fazer o acertado.
Antídoto: novamente o passo anterior resolve o posterior: o conflito sendo saudável, com base na crítica construtiva e na confiança, o compromisso com o grupo aflora naturalmente.


4. Fuga da Responsabilidade - "ninguém é o pai da criança". Cada um faz suas tarefas e demandas, mas não existe responsabilidade com os demais.
Antídoto: voltamos ao passo anterior novamente. Com compromisso, os membros de uma Equipe tem responsabilidade por seus atos, sendo inclusive cobrados pelos pares, mais que por chefes. Se tem compromisso com o acertado, são responsáveis pela execução correta perante o time. Nesse pormenor o exemplo do líder é fundamental.


5. Falta de Foco nos Resultados - muita gente se distrai das metas. Por metas pessoais, de carreira ou financeiras, e perde-se o foco do resultado do grupo.
Antídoto: com confiança mútua, conflitos geridos com construtividade, compromisso com o grupo e responsabilização por seus atos, os resultados podem ser alcançados. As metas precisam ser auto-explicativas e simples de guardar. A relação entre as ações e tarefas diárias com as metas também devem ser óbvias e transparentes a todos. Só assim há espaço para o compromisso, responsabilidade de cada um com o resultado do grupo.


Portanto Trabalho em Equipe é um efeito em cadeia virtuoso: Confiança que leva a Conflitos Saudáveis, que leva ao Compromisso, que traz a Responsabilidade que gera foco nos Resultados


Confiança é a base de tudo.


O autor enfatiza que "nem todo grupo é um Time". Para ser um Time, o grupo deve possuir em comum: Metas, Recompensas e Responsabilidades. Seus membros devem priorizar os benefícios Coletivos em detrimento dos Individuais.
Se seu grupo não é um Time, não perca tempo alimentando falsas expectativas acreditando que as pessoas são o que não são.


Não por acaso, Os 5 Desafios das Equipes está entre os 100 Melhores Livros de Negócios de Todos os Tempos segundo Todd Sattersten & Jack Covert (2009). Confira a lista aqui.


Saiba mais no site do Autor


:)
< / >.

13 comentários:

  1. Bacana mas, quero propor uma reflexão. Estou lendo e usando num grupo de estudos com gestores o Liderança Lean do David Mann.
    Ele sugure ao invés de focar o resultado, focar o processo pois de um processo bem desenhado e gerido, teremos bons resultados. Do contrário, o recado do "faça o que for necessário" será dado, gerando estresse, frustração, etc.
    Metas são fundamentais e resultado vem do quanto estamos focados no processo para que atingí-las.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente ponto.
      Na verdade existem duas "forças" atuando em paralelo:
      - Processo
      - Formação de Equipe
      Conforme vc mesmo sugere, sem um processo bem desenhado e gerido, não se chega a resultados.
      O que Lencioni defende, é que para se garantir DIFERENCIAÇÃO e COMPETITIVIDADE, um Trabalho de Equipe é necessário. Portanto, para resultados superiores, além de Processos, são necessárias Pessoas trabalhando em Equipe (não apenas "em grupo").
      E o livro trata justamente de como se livrar das disfunções que impedem um Grupo tornar-se uma Equipe, um Time.
      Mas sem dúvida, Processo corre em paralelo e é essencialno alcance dos resultados.

      Grato pela contribuição. :) < / >.

      Excluir
  2. Gostei do blog e da análise do livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato PAULO.
      Críticas e sugestões são sempre bem-vindas.
      Abraço e sucesso.
      :)

      Excluir
  3. Boa noite
    Andre Vargas
    Estou concluindo meu curso de Coaching, estou desenvolvendo o trabalho de TCC sobre as 5 disfunções, apliquei o questionário, do livro 'OS 5 DESAFIOS DAS EQUIPES' pagina 173. na pagina seguinte te as PONTUAÇÕES. Ex. AUSÊNCIA DE CONFIANÇA"
    No livro aponta o seguinte: que tem que calcular as afirmações 4,6 e 12 a pergunta somo todos quisitos? NORMALMENTE/ÁS VEZES/RARAMENTE?, No gráfico quero apontar as disfunções, através das pontuações.
    Fico muito grato caso você possa me dar uma dica.
    Obrigado
    Valdir P de Jesus - Capão da Canoa - RS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado VALMIR,
      Grato pela consulta e desde já boa sorte no TCC. ☺
      Qto a tua questão em específico, confesso que não entendi direito qual é a dúvida.
      Se quiser escrever direto por email: blog.andrevarga@gmail.com
      Ok?
      Valeu. Abraço. ☺

      Excluir
    2. Já entendi, VALDIR.

      É assim: vc responde às 15 questões (quesitos embaralhados) usando os valores 3,2 ou 1 para cada uma das 15 perguntas.
      Dps joga os resultados por Disfunção (3 questões para cada) somando os 3 resultados.

      Como avaliar:
      Cada Disfunção terá nota variando de 3 a 9. Qto menor o valor mais acentuada/evidente a Disfunção, portanto aí que vc deve atuar para resolver primeiro.

      Para por isso num gráfico, sugiro um gráfico de 5 colunas, uma para cada Disfunção e cada coluna dívida em 3 (as 3 perguntas) blocos de tamanho 1,2 ou 3. Assim vc não somente sabe qual Disfunção é a mais acentuada (menor coluna), como tbem qual sub item faz a coluna ficar menor (menor bloco).

      Ajudei?
      QQ outra dúvida, tem meu email tbem aí.
      Abraço e boa sorte no TCC. 😉

      Excluir
  4. Boa noite Varga.
    obrigado!!! tirou minha dúvida, porque não estava entendo o calculo, agora tudo bem, calculei as Disfunções como você indicou,fiz os gráficos individualmente para cada disfunção.
    ficou muito bom.

    Obrigado pelo seu pronto atendimento, agora vou para a parte teórica do TCC.

    abraços

    Valdir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De nada, VALDIR.
      Que bom que tenha conseguido ajudar.
      Mais um vez boa sorte no TCC e qq outra dúvida, espero poder ajudar.
      Abraço. ☺

      Excluir
  5. Suzana Zimmer13 outubro, 2016

    Olá André, estou desenvolvendo um curso em EAD sobre equipe e gostaria de utilizar o questionários das disfunções que sugeres no livro, para que os empresários avaliem suas equipes e entendam o que deve fazer a respeito. É possível?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida, SUZANA.
      Excelente idea! Parabéns pela iniciativa.
      Sugiro contactar a editora (Elsevier-Campus para a versão brasileira) quanto direitos autorais e uso do conteúdo, principalmente se o curso for pago.
      O questionário em si, vc acha várias versões na Internet, basta dar uma busca.
      Ajudei?
      Boa sorte, Abraço.

      Excluir
  6. Obrigada André. Podes me indicar algum site que possua o questionário. Ainda não encontrei. obrigada

    ResponderExcluir
  7. Susana, pode ser em inglês?
    Li o eBook em inglês e posso te mandar o questionário.
    Por favor mande seu email para blog.andrevarga@gmail.com que te envio.
    Tudo bem?
    Grato. Abraço.

    ResponderExcluir

Por respeito aos demais leitores, o autor do blog se reserva o direito de filtrar comentários julgados inapropriados e spams. Agradecemos seu comentário, que será publicado depois de verificado. Muito obrigado. :)